9/30/2011

III Feira de Doação e Venda de Materiais e Equipamentos Escolares


Boa tarde,

Vimos relembrar que estamos em fase de recolha de materiais e equipamentos para doar/ vender na III Feira de Doação e Venda de Materiais e Equipamentos Escolares, a realizar-se de 11 a 13 de Outubro.
Entregue-nos os materiais e equipamentos, até dia 10 de Outubro na sala A211, entre as 9:00 e as 12:30 e as 14:00 e as 16:30.
Todos os materiais e equipamentos devem estar em bom estado, podendo ser doados ou vendidos por um preço simbólico.

Muito obrigado e votos de bom fim de semana,

Nuno Santos
Unidade de Orientação e Integração
FEUP

9/29/2011

Sena da Silva


Um livro dedicado à vida e obra de António Sena da Silva (1926-2001), notável designer que foi também professor, arquitecto, divulgador, gestor e o primeiro presidente do Centro Português do Design, foi publicado pela Fundação Calouste Gulbenkian em 2009.


Esta edição – que inclui textos de especialistas de várias áreas disciplinares, alguns dos quais companheiros de percurso – revela a actualidade do seu pensamento e o seu decisivo contributo para a afirmação e consolidação do Design em Portugal. Cada um dos 17 autores que colaboram nesta edição abordou uma determinada faceta da sua vida e obra.

A edição integra ainda uma biografia, um levantamento de trabalhos e projectos e uma colectânea dos seus textos, muitos deles inéditos.

Em Portugal, António Sena da Silva foi uma das vozes que mais sublinhou a necessidade imperiosa de um design mais sustentável, chamando a atenção para o seu significado na avaliação e política de gestão, alertando para a indispensável requalificação dos recursos humanos, reavaliação dos níveis salariais, racionalização de procedimentos e aproveitamento criativo e inovador dos recursos existentes. Com a entrega e paixão que colocava em tudo o que fazia, defendia a necessidade de uma mudança efectiva no modo de pensar e agir. Os caminhos que foi tentando abrir, a sua cultura, a consciência e o modo como criava e motivava equipas fazem dele uma referência na sua área, testemunhada neste livro.

Trata-se da terceira obra publicada pela Fundação dedicada a grandes designers nacionais, depois das edições sobre Sebastião Rodrigues (1995) e Daciano da Costa (2001). Publicada em colaboração com o Centro Português de Design, esta edição é coordenada por Bárbara Coutinho, directora do Mude (Museu do Design)




Daciano - Colaboradores de sempre






Daciano Costa foi um dos mais destacados designers portugueses.
O seu mobiliário de escritório tornou-se um clássico contemporâneo.
Criou ambientes nos espaços interiores da Biblioteca Nacional e no «palácio» da Gulbenkian. A sua obra integra arquitectura de interiores, design de mobiliário, industrial, de exposições e gráfico, para além de cenografia e figurinos.
Nascido em 1933 em Lisboa, Daciano Costa frequentou a Escola de Artes Decorativas de António Arroio e a Escola Superior de Belas-Artes de Lisboa.
Com formação em pintura, DC começou a trabalhar no atelier do pintor e arquitectoFrederico George, que via como o seu mestre de eleição, também nesta ambivalência que sempre teve entre várias disciplinas. A sua colaboração mostrou-se "fundamental na formação da sua sensibilidade e da metodologia que viria adoptar na abordagem do processo de projecto", contou à agência Lusa o arquitecto João Paulo Martins, que com ele conviveu.
"Tenho atelier desde 59, quando deixei de trabalhar com o Frederico George. Comecei em Belém, no Pavilhão da Independência, no que sobrou da Exposição do Mundo Português, onde havia ateliers de artistas, sobretudo de escultores. Não me afirmo completamente como designer, porque no fundo o que eu tenho feito mais é arquitectura de interiores e design de mobiliário. Não quer dizer que não tenha já feito outras coisas e que não esteja preparado para fazer outras", contou numa entrevista em 1994 ao jornal PÚBLICO.
DC foi fundador da empresa Risco - Projectistas e Consultores de Design, SARL


http://entipografia.web.ua.pt/programa.html


28 / set / 2011
Programa final e alinhamento dos oradores
A conferência vai realizar-se no dia 30 de Setembro de 2011 (sexta-feira), no Auditório Joaquim José da Cunha, no Instituto Superior de Contabilidade e Administração (isca) da Universidade de Aveiro. O programa inclui:
  • 2 sessões de comunicações (artigos);
  • 1 sessão de apresentação de projetos (posters);
  • 2 conferências de oradores convidados;



Manobras

http://manobrasnoporto.com/#5diasdemanobras


9/28/2011

Eduardo Afonso Dias




Sebastião Rodrigues (1929 - 1997)

A Sebastião Rodrigues deve-se a imagem gráfica de prestígio que tem ainda hoje a Fundação Calouste Gulbenkian. Desde o cartazes, desdobráveis, livros, catálogos, etc., muito material publicado pela Gulbenkian foi projectado desde a década de 60 por S. Rodrigues. Nascido e criado no Dafundo, Sebastião Rodrigues exerceu o seu ofício em Lisboa. Desde muito cedo aprendeu o ofício com o pai, executando pequenas tarefas gráficas para o serviço de publicidade do jornal A Voz.

Em 1945 foi trabalhar para o Atelier de Publicidade Artística (APA) onde veio a conhecer o seu futuro companheiro de trabalho, Manuel Rodrigues, que o acompanhou durante 30 anos.
Sebastião Rodrigues trabalhava com todos aqueles que faziam parte do vasto processo de produção gráfica e com todos eles trocava conhecimentos e experiências.
Com uma bolsa da Fundação Calouste Gulbenkian (1959-60), viajou durante meio ano pelo Norte do País para recolher material gráfico de raiz popular.
Foi nestas e noutras viagens que fazia com frequência que Sebastião Rodrigues recolheu o material que viria a constituir matéria prima para os seus trabalhos.
Na pesquisa e no aprofundamento das raízes da cultura popular portuguesa está uma das chaves da qualidade do seu trabalho.
Sebastião Rodrigues era um perfeicionista. O domínio de todo o processo de design, desde a concepção ao produto final era feito com todo o rigor.
Combinou as potencialidades da impressão em offset com inspiração de raiz popular e tradicional e ainda com influências tão vastas que vão desde o design americano (Alvin Lustig) ao nacional (Victor Palla).
O seu grafismo foi uma das heranças deixadas por Victor Palla. A grande inovação estava na harmonização do lettering utilizado na capa do livro e da ilustração que geralmente estava sempre presente.

Afiar facas



http://forums.egullet.org/index.php?/topic/26036-knife-maintenance-and-sharpening/

Knife Sharpening


Last week I was taught how to sharpen our kitchen knives by a wood carver, Howard Raybould, who's been honing his technique for 30 years. It's the most useful skill I've acquired since learning how to ride a bike.
Howard arrived bearing: a wooden board; a clamp to attach the board to the table with; a damp cloth to put on the board; a small oilcan with paraffin oil in it (diluted), a sharpening stone, 10 inches long, smoother on one side than the other, a metal file with a wooden handle  (hard but fragile), a tube of metal polish, a leather belt for polishing the knives and a not very clean cleaning rag. The small blackboard was for drawing pictures of knife edges on. We already had the steel.
Two hours later I had learned: a) The rudiments of how to sharpen knives. b) That it's pointless running your finger across the blade to judge its sharpness, use your eyes. c) You use the steel towards the end not at the beginning. d) That the best angle to sharpen the knife is this one, and absolutely not that one — even though the two angles are very similar, and e) that it's not possible to learn knife sharpening and write meaningful notes about the subject at the same time.
Now all I need is 30 years practice and I'll be as good as Howard is. And maybe by then I'll be able to teach you.

http://observersroom.designobserver.com/johnthackara/post/knife-sharpening/28618/


Minimalismo

http://minimalissimo.com

Morpho

TYP

Japanese product designer and art director Teruhiro Yanagihara ofIsolation Unit has designed TYP – an elegant collection of leather goods for the Tokyo based leather manufacturer Morpho.
The collection essentially comprises a variety of booklets or wallets, a brand concept derived from a paper and stationary theme. Available in ISO standard paper sizes (C4, A4, A5, B6, A6, A7), TYP has a very thin and simple design, which is emphasised by the closing mechanism that works only through folding. The booklets are also available in a variety of colours.



Design Review




Designa 2011



DESIGNA 2011

Síntese
Conferência anual de investigação em Design que adopta o tema do clássico ensaio de Tomás Maldonado A Esperança Projectual, com o propósito de reflectir sobre o desempenho da criatividade em tempo de crise. O evento conta com um leque de conferencistas convidados, a par da apresentação de comunicações resultantes de um ‘blind call for papers’, a publicar.
Apresentação
Tem-se desperdiçado a oportunidade de reflectir sobre a vastidão dos problemas conceptuais e operativos colocados pelo Design, considerado como processo de projecto ou enquanto um produto que acentua a dialéctica do concreto. É da consciência dessa falta que nasce a vontade de proporcionar alguma sistematicidade à reflexão, criando rotinas de encontro capazes de gerar o sentido de comunidade de prática e de dar visibilidade a este corpus disciplinar, no todo e aos seus diversos ramos especializados, que vão da arte e da comunicação à indústria. Muitos dos temas discutidos pelos designers e pelos críticos e teóricos da cultura gravitam em torno da melhoria das condições de vida e do valor estético e económico dos produtos, tangíveis ou imateriais. (Ler mais)


9/25/2011

O suave mistério da palavra "design"



15 anos de Design na UA

Brand designed to celebrate 15 years of training in design at the University of Aveiro, Portugal. Its design is sustained in the square with rounded corners to meet the shape of the Griffon Vulture, present in the brand of the university, thus preserving their formal identity.



9/20/2011

Horário de funcionamento EDDP

Atenção: Ao contrário do que sucedeu ano passado, não será possível este ano lectivo localizar preferencialmente as aulas no período da manhã. De facto o curso de EDDP é uma formação FULL-TIME, e está desenhado para uma permanecia semanal de 40 horas no Design Studio Feup, das quais 20 são de contacto (aulas). Dado que a obtenção de frequência depende do numero de faltas e existe controlo de presenças, é importante que desde já os interessados possam ter conhecimento do plano de trabalho, pelo que se inclui um link para a versão beta de arranque. Chama-se a atenção para que se trata de um curso extremamente intensivo que exigirá uma grande disponibilidade para ser possível cumprir com os trabalhos solicitados.

Descarregar o ficheiro excel de: http://feupload.fe.up.pt/get/qwbP3Ji2TXI5S4E

As aulas tem inicio dia 26 de Setembro 2011 às 9:00 e terminam dia 13 de Julho de 2012

9/19/2011

Antes de estar cheio já o está...eh eh


IVO



Cerâmicas

Brastemp

http://www.brastemp.com.br/Home/Frigobares/FrigobarBrastempRetroBRA08AV




Kitchen Aid




Kenneth Grange





                                   




Cadeiras

http://www.chairblog.eu/

Paragens sobre-elevadas

http://www.dexigner.com/news/23873

Dexigner


9/15/2011

Aulas da Especialização em Design e Desenvolvimento de Produto

Atenção: Inicio agora previsto para segunda feira 26 de Setembro de manhã.  

Aulas Mestrado em Design Industrial 2º ano

Atenção: Inicio agora previsto para quinta feira 29 de Setembro de tarde.  

9/13/2011

Sketchbook Designer





UCs a funcionar (para inscrições)

As UCs do MDI a que e se devem inscrever os estudantes que transitaram do Curso de Especialização em Design e Desenvolvimento de produto são:
Métodos de Desenvolvimento de Produto I (1º semestre 1º ano) Psicologia e Sociologia do Desenvolvimento de Produto (1º semestre 2º ano) Cultura do Design (1º semestre 2º ano) Ergonomia e interface (1º semestre 2º ano) Tese/Projecto (1º semestre 2º ano) - Atenção que a Ergonomia e Interface e Cultura do Design devem seleccionar a UC que está no 1º semestre do 2º ano


9/10/2011

Actualização de Informação no MDI no Sifeup

ver em https://www.fe.up.pt/si/cursos_geral.formview?p_cur_sigla=MDI

Em 2011/12 o curso não aceita novas inscrições, funcionando apenas para conclusão de formação de estudantes que já tenham frequentado o Mestrado em Design Industrial da FEUP ou concluido Curso de Especialização em Design e Desenvolvimento de Produto. Prevê-se que o Mestrado em Design Industrial (MDI), ministrado pela FEUP desde 2000, venha a evoluir para uma oferta formativa conjunta em Design Tridimensional da Universidade do Porto envolvendo várias unidade orgânicas e com diferentes ramos. Por esta razão, neste momento não aceita novos estudantes mas continua em funcionamento para antigos inscritos que ainda não tenham concluido a dissertação e para os alunos que tendo frequentado o Curso de Especialização em Design e Desenvolvimento de Produto, solicitaram um plano de estudo especial, para concluírem aqui o grau, por equivalencia dos ECTS de 2º ciclo já obtidos naquela formação. Os novos alunos interessados em formação nesta área de Design Industrial, a nível de 2º ciclo, deverão inscrever-se no referido curso de “Especialização em Design e Desenvolvimento de Produto” a partir do qual ainda poderão ter acesso ao 2º ano do “Mestrado em Design Industrial” por equivalencia às unidades curriculares já efectuadas. Mais informações são normalmente disponibilizadas no blog do Design Studio FEUP em: http://designstudiofeup.blogspot.com

Especialização em Design e Desenvolvimento de Produto


Já está actualizado no site da FEUP o plano de curso em vigor para o ano lectivo de 2011/2012. Como se pode perceber pela nova distribuição de ECTS apostou-se num reforço ainda maior da UC de Projecto, mantendo-se o contacto total nas 20 horas semanais 
O Curso de Especialização em Design e Desenvolvimento de Produto tem como objetivo contribuir para a competitividade interna e externa da Indústria Portuguesa, através da criação de Produtos inovadores e com a conveniente integração da vertente Design.
O Estudante verá reforçada as suas competências a nível do projeto cooperativo, melhorando o domínio nesta atividade e exercitando a articulação entre Gestão, Engenharia e Design, podendo dinamizar e contaminar com estas práticas o tecido industrial em que se integra.

O Curso (correspondendo a um total de 60 ECTS) estrutura-se em torno de um Laboratório de Projecto em Design que decorre nos dois semestres e ocupa metade do tempo de contacto previsto (15+15 ECTS - 10 horas por semana em cada semestre alicerçando a metodologia de Ensino Baseado em Projeto). Os restantes 30 ECTS são dedicados às Unidades Curriculres convergentes com Projecto: no primeiro semestre, “Materiais e Processos”, "Modelação Avançada e Prototipagem", "Semântica do Desenvolvimento de Produtos" e "Usabilidade e Design da Experiencia"; no segundo semestre, “Do Mercado ao Design e do Design ao Negócio”, “Concepção de Soluções Construtivas”, “Validação e Certificação de Produtos” e “Iniciação à Investigação”. Os projetos a abordar nas unidades de formação “Laboratório de Projeto I” e “Laboratório de Projeto II” serão de 3 tipos: curtos (1 a 2 semanas), médios (3 a 4 semanas) e longos (mais de 5 semanas), encadeando-se e sobrepondo-se por forma a preparar o aluno para a necessária gestão de tempo, dotando-o de recursos que aplicará na vida profissional. A avaliação, que ocupa 6 semanas do total de 20 por semestre (deixando 14 para efetiva lecionação), será disseminada em função do decorrer dos projetos e permitirá, pela interrupção planeada das aulas, preparar convenientemente as sínteses necessárias às entregas dos trabalhos pedidos.

9/05/2011

Mestrado em Design Industrial 1ª e 2ª fases


candidatos seriados de 1 a 19

Bruno Alberto Teixeira Oliveira
Jaime Sarró Santos
Mariana Ferreira Rodrigues
Nina Diana Oliveira da Costa
Pedro Joel Loureiro da Costa
João Barbosa Rebelo
Eveline Januário Ferreira
Cecília Maria Peixoto de Carvalho
Rita Susana Quesado Rodrigues
Bruno José Pinto Oliveira
Pedro Miguel de Sampaio Vieira Praça
Sofia Catarina Gomes dos Santos
Ester Megumi Toriy
Maria Teresa Alaniz Navarro
Liliana Vanessa Figueiredo Ribeiro
Luís Miguel Ribeiro Pinheiro dos Santos
Cristiana Isabel Ferreira Bernardino
Daniela Fonseca da Silva Azevedo
Carlos Alexandre Carvalho Cunha

Seriação 1ª e 2ª fase Curso de Especialização em Design e Desenvolvimento de Produto

Candidatos seriados de 1 a 25

Lucas Renato Tescke
Isabelle Gurgel Mota Saraiva
Camilo José Cotarelo Álvarez
Tiago José Carvalho Gamboa
Greta Citlalli Martinez Ortega
Cláudio José Ferreira Matos
Carlos Filipe Lopes Ribeiro
Diogo Emanuel Basto Fula
José Alberto Moreira Carvalho Gonçalves
Tiago Fernandes Teixeira
Ricardo Reis Dagge
Ivo Tomás Costa
Hugo Miguel Guerreiro dos Santos
Francisco Gil Gonçalves Delgado Barros
Fernanda Roussenq Bichels
Diana Sofia Macedo dos Santos
Duarte Campos Costa Lima
Isabel Maria Garcia Gaspar
Manuel Maria de Oliveira Dias Prudente dos Santos
Rui Miguel Oliveira Barros Pinho
Miguel Duarte da Silva Pinto
Mónica Sofia da Costa Ferreira
Pedro Emanuel da Silva Barrinha
Filipa Manuel Soares Rios Gomes de Almeida
Ricardo Filipe Amorim Pereira


Face a uma possível não formalização da inscrição de algum(s) dos candidatos seriados poderá ser aberta uma 3ª fase para preenchimento das vagas que assim fiquem disponíveis.

9/02/2011

A não perder, lá ou na net!


CONFERÊNCIAS sobre 6 LIVROS EMBLEMÁTICOS DO MOVIMENTO AMBIENTAL

Transmissão directa online: http://live.fccn.pt/fcg/


pdf Folheto PORQUÊ LER OS CLÁSSICOS?


Small is Beautiful: Economics as if People Mattered
E.F. Schumacher, 1973
Sexta, 2 Set 2011 às 18:00, Aud. 3
Orador: Satish Kumar (Índia)
Comentador: Olivia Bina (Portugal)
. . . . . . . . . . . . .
Silent Spring (Primavera Silenciosa)Rachel Carson, 1962
Sexta, 7 Out 2011 às 18:00, Aud. 3
Orador: Jose Manuel Lima Santos
Comentador: Teresa Pinto Correia (Portugal)
. . . . . . . . . . . . .  
Our Common Future (Brundtland Report)Organização das Nações Unidas, 1987
Segunda, 21 Out 2011 às 18:00, Aud. 2
Orador: Marina Silva (Brasil)
Comentador: Francisco Ferreira (Portugal)
. . . . . . . . . . . . .

The Limits to Growth Donella and Dennis Meadows, Jorgen Randers, and William W Behrens III, 1972
Quarta, 7 Dez 2011 às 18:00, Aud. 3
Orador: Timothy O'Riordan (R.U.)
Comentador: Paula Antunes (Portugal)




CONFERÊNCIAS PASSADAS


Walden ou a vida nos bosquesde Henry David Thoreau, 1845
Sexta, 6 Mai 2011 às 18:00, Aud. 3
Orador: Viriato Soromenho-Marques (Portugal)
Comentador: Isabel Capeloa Gil (Portugal)


ICDHS 2012


8th Conference of the International Committee for Design History and Design Studies
Design | Frontiers: territories, concepts, technologies


3-6 september 2012
São Paulo, Brazil

[page under construction. please lookup for updates in the next months]

FAU USP
University of São Paulo | School of Architecture and Urbanism

FAU Maranhão
Rua Maranhão, 88
01240.000
São Paulo SP
Brazil

9/01/2011

Practical Action

http://practicalaction.org/welcome-to-practical-action

Rainer Mutsch





Dune, 2010
modular outdoor furniture system
Material: natural fiber cement
Producer: ETERNlT

The shape of all 6 Dune elements allows the user to move freely on the objects and to choose an individual seating position according to his or her individual taste. Since Dune has been designed as highly modular and indefinitely expandable system, its capable to fit most spatial situations.
Each Dune element is 3D-molded out of one whole100% recyclable Eternit cellulose fiber-cement panel.



http://www.rainermutsch.net/products_dune.php

Pebble de Benjamin Hubert




RETHINK RELIEF



RETHINK RELIEF is an exceptional design workshop dedicated to creating technologies for humanitarian relief that specifically address the gap between short-term relief and long-term sustainable development. This hands-on event is a unique opportunity for practitioners and designers to engage and develop a holistic approach to relief that considers the transition from emergency response to post-disaster self-sufficiency as an integral part of the planning and implementation process.


http://www.rethinkrelief.com/

Rethink Relief


Dear all,
I want to share with you a really exciting and innovative initiative called Rethink Relief.
It's a five-day workshop dedicated to rethink the role of technology addressing the gap between short-term relief and long-term sustainable development. Events like this have proven to be a great start for innovative and well grounded projects!
It will bring together people with a wide range of interests and backgrounds: relief workers, product designers, current and past residents of relief camps, engineers, teachers and students (and more) and together we will rethink, design and create prototypes about ways to improve current relief systems in a way that eases the transition to a steady and healthy livelihood.

Rethink Relief is co-hosted by D-Lab at MIT and the Industrial Design Engineering Faculty from Delft University of Technology.
The workshop will run from 24 - 28 October and the registration fee is 250 euros. Applications are due by 9 September.

You can find the application form and learn more about the workshop at the website: www.rethinkrelief.com
We look forward to seeing you there! It's going to be awesome!!!

Please help us spread the word about the initiative and forward this email amongst your friends and colleagues you believe could be interested in being involved.


Best regards, 
Ana Laura on behalf of the Rethink Relief team.
For any question or remark contact us via info@rethinkrelief.com